sábado, 12 de janeiro de 2008

Gosto de ter razão
Gosto de estar certa
Ir ao ponto
Tocar o local onde dói
Machuca e eu cutuco sua ferida
Não desvie o assunto
Gosto de voltar ao ponto
Olhar no olho e dizer
Eu avisei

Gosto de foder
Do ato
Gosto da foda
Abrir minhas pernas e
Oferecer-te minha vagina quente longa e úmida
Gosto de te dar prazer
Gosto de dar
Receber seu sêmen como se fosse minha cota de proteína
De força
Olhar no olho e não dizer
Saber que foi bom
Pra mim
e
Pra você

3 comentários:

Renata Cristina Só Felicidade^.^ disse...

ESSE SEU "POST" ME LEMBRA MUITO UM LIVRO Q EU LI, CHAMADO "JOY LAUREY"...TALVEZ VC JA TENHA LIDO, SENÃO ,LEIA,POIS VOCÊ VAI SE ITENDIFICAR MUITO.

makely disse...

Dou toda razão!

makely disse...
Este comentário foi removido pelo autor.